• (51) 3018-7721
  • contato@retrofashion.com.br
  • Porto Alegre/RS
carregando...

0

CARRINHO VAZIO

Conhecendo uma grande mulher e suas influências

Postado em: 01/04/2016

Olá folks,
Hoje vamos falar sobre a Frida, aquela mulher com uma beleza estranha, colorida e que todos amam. Amam pela sua figura, pelo seu trabalho e principalmente pela história de vida.
Uma mulher de cores fortes e com a vida marcada por superações, assim era considerada Frida Kahlo. A mexicana era feminista, patriotra revolucionária e agitadora cultural. Sempre foi adiantada para sua época, foi uma das percursoras do feminismo, assim como uma intelectual que defendeu suas ideias politicas.
Em 1925, aos 18 anos, aprendeu a técnica da gravura com Fernando Fernandez. Então, a vida pregou lhe um desastre, sofreu um grave acidente. Frida ficou muitos meses entre a vida e a morte no hospital, teve que operar diversas partes e reconstruir por inteiro seu corpo. Tal acidente obrigou-a a usar coletes ortopédicos de diversos materiais, e ela chegou a pintar alguns deles- como o colete de gesso da tela intitulada A Coluna Partida.
Durante a sua longa convalescença, começou a pintar e usou a caixa de tintas de seu pai e um cavalete adaptado à cama. Suas telas, na maioria auto-retratos, eram estampadas com tintas vivas e fortes, retratando sua vida tumultuada por dores físicas e dramas emocionais.
Foi casada com Diego Rivera, onde ambos faziam parte do Partido Comunista mexicano e acabaram se conhecendo. Foi um casamento tumultuado, tinham temperamentos fortes e casos extraconjugais. Kahlo, era bissexual, e Rivera aceitava abertamente os relacionamentos de Kahlo com mulheres, mesmo elas sendo casadas, mas não aceitava os casos da esposa com homens. Após descobrir que seu marido mantinha um relacionamento com sua irmã mais nova – Cristina, Frida teve um caso com Leon Trotski depois de separar-se de Diego.
Após essa outra tragédia de sua vida, e separada de Diego, Frida viveu novos amores com homens e mulheres, mas uniu-se novamente a Diego. A volta para o ex-marido formou um casamento tão tempestuoso quanto o primeiro, marcado por brigas violentas.
Embora tenha engravidado mais de uma vez, Frida nunca conseguiu ter filhos, pois o acidente que a perfurou comprometeu seu útero e deixou graves sequelas, que a impossibilitaram de levar uma gestação até o final.
Frida Kablo é dona de uma biografia singular e de uma produção artística riquíssima. Demonstrava em sua maneira de vestir, através de roupas exuberantes e excêntricas, elementos da cultura popular mexicana. Além disso, apreciava joias e roupas originais de povos indígenas mexicanos e objetos de devoção a santos populares.
Sua arte colorida influencia até hoje o mundo da moda, através de maquiagens, estilo de roupa, bolsas e penteados. Até mesmo estilistas como Paul Gaultier, Dolce & Gabbana, Christian Lacroi e McQueen, resgataram a personalidade da artista em suas criações de moda.
Em 2002, Salma Hayeck deu vida a pintora, no filme "Frida", que recebeu dois Oscar por melhor maquiagem e trilha sonora.
Quer usar um look com o toque multicolorido de Frida Kahlo? Na Retro Fashion tem camisetas estampadas da artista para você sair por aí, carregando as marcas de seu estilo.


*Referência: Herrera, Hayden (1983) A biografia de Frida Kahlo

...